Backpacking Two

História de Imigração: França (por ar, vindo do Brasil)

1 comentário

Ao desembarcar no aeroporto da França eu e os demais passageiros do meu voo fomos levados para uma salinha e nos deixaram esperando. Algum dos passageiros tinha esquecido/deixado uma mala dentro do avião e suspeitavam que era uma bomba. Só iriam nos liberar até terem certeza que não era. Aguardamos mais ou menos uma hora e nos liberaram para passar pela imigração.

No local da imigração notei que os ânimos ainda estavam alterados, com muita movimentação de funcionários; até o exército estava por lá! Achei estranho, mas fazer o que?

Chegou minha vez. Falei bom dia. O agente da imigração nem retribuiu e já foi fazendo um zilhão de perguntas. Como meu francês não é muito bom, educadamente, perguntei se ele poderia falar em inglês comigo. Ao que ele respondeu: “− Não. Será em francês.” 😮 E se eu não falasse francês, como seria? Achei um absurdo, mas não tinha escolha.

Lá fui eu responder às zilhares de perguntas: o que eu iria fazer na França, se tinha seguro viagem, quanto tempo iria ficar, onde iria ficar, se tinha alguém me esperando, quanto eu levava em dinheiro em espécie e outras mais que eu não lembro. Minha sorte é que tinha tudo documentado em papel e fui procurando e mostrando. O dinheiro ele me fez mostrar tudo o que eu trazia em espécie, o que eu trazia no Visa Travel Money e ainda me fez mostrar meu cartão de crédito internacional. ¬¬

Pelo que vi, eu fui a única submetida a todo esse interrogatório e era a única que tinha sobrado na imigração. :/

Quando eu achava que ele iria me levar pra outra salinha para ser mais interrogada ou até mesmo deportada, ele simplesmente pegou meu passaporte, carimbou minha entrada e me disse: “− Pode ir.”

Uhuull! Alívio! :D: Agradeci e fui direto pra esteira das malas. Lá de longe vi minha mala vermelha, rolando na esteira, sozinha. Caiu até uma lágrima meio sem sentimento definido. XD

Anúncios

Autor: Wanessa

advogada, 30 anos, apaixonada por viajar, com, no momento, 22 países guardados na memória e no coração.

Um pensamento sobre “História de Imigração: França (por ar, vindo do Brasil)

  1. Pingback: Histórias de Imigração: Reino Unido | Backpacking Two

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s