Backpacking Two

01 dia na antiga capital da Tailândia: Ayutthaya

6 Comentários

A Tailândia nem sempre se chamou assim e Bangkok nem sempre foi sua capital. De 1350 até 1767 d.C. (ou, segundo o calendário budista tailandês, de 1893 até 2310 B.E.), Ayuthaya, ou Phra Nakhon Si Ayutthaya, era a capital do antigo Reino de Sião e uma das maiores cidades do mundo. Contudo, foi totalmente destruída quando os Birmaneses, habitantes de Birmânia (antigo nome de Myanmar), invadiram o Reino e o tomaram para si.

Depois de mais de 02 anos de guerra, Sião foi reconquistado, passando a se chamar Tailândia. Bangkok, devido à potencialidade e à proximidade com Ayuttaya, passou a ser a nova capital do Reino, restando somente as ruínas da antiga capital.

Hoje, quase 250 anos depois, Ayuttaya se recuperou, tornando-se uma das maiores atrações turísticas da Tailândia, vez que as ruínas dos antigos templos, palácios e lugares importantes ainda se mantêm em pé, sendo que o Parque Histórico de Ayutthaya, chamado Phra Nakhon Si Ayuttaya Historical Park, em 1991, foi tombado como patrimônio histórico da humanidade pela UNESCO.

E é pra lá que fomos no dia 07 de dezembro de 2014.

Pegamos uma van (60 bahts cada, cerca de 5,50 reais cada) no Victory Monument, em Bangkok, eram umas 10:00h da manhã e, mais ou menos, uma hora depois, a van nos deixou bem na entrada de Ayutthaya, quase no começo da cidade.

Assim que chegamos, um senhor veio nos oferecer os serviços dele de tuk-tuk durante 04 horas, prometendo nos levar nas principais ruínas, por apenas 800 bahts (algo em torno de 72 reais). Achamos caro e, depois de alguma conversa, ele disse que faria por 500 bahts (algo em torno de 45 reais). Fiquei receosa e disse que queríamos ir ao Centro de Informação ao Turista primeiro, se ele nos levasse lá, a gente fecharia. Ele nos enrolou, disse que era longe e que não compensava passar por lá, que iríamos perder tempo, que os templos fecham cedo.

Acabou que fiquei mais receosa ainda. Dispensamos o tuk-tuk e fomos a pé procurar o Centro de Informação ao Turista. Realmente era meio longe, principalmente a pé. Andamos uns 3km até chegar ao local para descobrir que tinha mudado. Pelo menos era perto, uns 300m do antigo lugar.

No Centro de Informação ao Turista fomos super bem recepcionados e tratados. A funcionária nos deu todas as informações e dicas possíveis sobre a cidade e os principais pontos turísticos e, ainda, nos informou que um tuk-tuk na cidade cobra 200 bahts (algo em torno de 18 reais) por hora de uso e que deveríamos ter fechado com o senhor que nos fez por 500 bahts. Fazer o que, né? Estávamos calejados pelos golpes que os motoristas de tuk-tuk dão em Bangkok (ainda escreveremos sobre isso).

Descobrimos também que, nas 5 horas que ainda teríamos até as atrações fecharem, não daria para fazer muita coisa.

Resolvemos pegar um tuk-tuk (40 bahts, cerca de 3,50 reais, por nem 5 minutos de deslocamento) e ir pra concentração de ruínas no entorno do antigo Grand Palace. Lá, alugamos uma bicicleta por 50 bahts (cerca de 4,50 reais) até as 18:30h e fomos conhecendo algumas das principais ruínas:

– Grand Palace

Chamado de Ancient Palace, o palácio residencial dos Reis era composto de várias construções, entre elas templos, como o Wat Phra Si Sanphet.

Ruínas do Grand Palace

– Wat Phra Si Sanphet

Localizado no Grand Palace, era residência real e depois se tornou um dos mais importantes monastérios da época.

Entrada: 50 bahts.
Aberto: todos os dias das 08:00h às 17:00h.

Ruínas do Wat Phra Si Sanphet

– Wat Mahathat

Localizado em frente ao Grand Palace, era a casa das relíquias sagradas do Buda. É lá que se encontra a famosa Cabeça do Buda nas Raízes da Árvore.

Entrada: 50 bahts.
Aberto: todos os dias das 08:00h às 17:00h.

Ruínas do Wat Mahathat

Cabeça do Buda nas Raízes da Árvore

– Wat Rajaburana

Era um monastério.

Entrada: 50 bahts.
Aberto: todos os dias das 08:00h às 17:00h.

Ruínas do Wat Rajaburana

– Wat Lokkayasutharam

Era um monastério. É onde está localizado o Buda Deitado de Ayutthaya, que mede aproximadamente 42 metros, todo feito de pedra e coberto com plástico.

Entrada: de graça.
Aberto: 24h.

Buda Deitado, Ruínas do Wat Lokkayasutharam

– Wihan Phra Mongkhon Bophit

Não é uma ruína e sim um santuário que guarda a Phra Mongkhon Bophit, uma das maiores imagens do Buda de toda a Tailândia, com 12,5m de altura e 9,5m de largura, feita de bronze. Essa imagem ficava nos entornos do Grand Palace e, durante a guerra com a Birmânia, foi parcialmente destruída, sendo, posteriormente, restaurada.

Entrada: de graça.
Aberto: 24h.

Wihan Phra Mongkhon Bophit

Phra Mongkhon Bophit

Queríamos ter conhecido o Wat Chaiwatthanaram, um templo com várias construções que lembram o Angkor Wat, no Camboja, mas, era do outro lado da cidade e não tivemos tempo. Dizem que é lindo e que vale a visita.

Antes das 18:30h entregamos a bicicleta e fomos, a pé, procurar o local de onde saem as vans para Bangkok. É perto do Centro de Informação ao Turista, sendo que o local está indicado no mapa que se ganha por lá. Andamos um bocado até encontrarmos.

Pelas ruas de Ayutthaya

Quando encontramos já eram umas 19:00h e nos foi informado que era a última van (60 bahts por pessoa, cerca de 5,50 reais cada) saindo pra Bangkok naquele dia. Não tínhamos comido nada desde o café da manhã e o motorista nos esperou comprar algo pra comer no caminho. Acabamos saindo umas 19:30h.

Dentro de 01 hora estávamos de volta à Bangkok.

Foi corrido, mas valeu o passeio. Muitos lugares bonitos e cheios de histórias.

P.S.: na época, com 1 real comprávamos 11,10 bahts.

Fotos: Arquivo pessoal.

Anúncios

Autor: Wanessa

advogada, 30 anos, apaixonada por viajar, com, no momento, 22 países guardados na memória e no coração.

6 pensamentos sobre “01 dia na antiga capital da Tailândia: Ayutthaya

  1. Pingback: Quanto gastamos no nosso mochilão de 10 meses pelo Sudeste Asiático | Backpacking Two

  2. Pingback: 12 coisas que não se deve fazer ao visitar a Tailândia | Backpacking Two

  3. Pingback: Viajando Sem Data de Retorno | Backpacking Two

  4. Pingback: Receita Para Acordar Sem Despertador! | Backpacking Two

  5. Pingback: 20 dias em Bangkok | Backpacking Two

  6. Pingback: 03 meses na Tailândia | Backpacking Two

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s