Backpacking Two

De Hanói, Vietnã para Vientiane, Laos: quando uma viagem de ônibus de 20 horas dura 30 horas

5 Comentários

Compramos as passagens para Vientiane, capital do Laos, na Guesthouse (sem nome) em que nos hospedamos em Hanói, no Vietnã. Pagamos 1.160.000 dongs, algo em torno de 180 reais, por dois assentos/camas, em um ônibus grande, com 03 fileiras contínuas de beliches (tirando a parte de trás que são 03 assentos camas em cima e 04 assentos camas embaixo), com ar-condicionado e banheiro.

O ônibus sairia dia 16 de maio de 2015 às 18:00h, sendo que nos pegariam na Guesthouse entre 16:30h e 17:00h. Ainda, a dona da Guesthouse nos garantiu que a viagem demoraria de 20 à 22 horas (dependia do tempo que gastaríamos na imigração) e que nossos assentos/camas seriam nas camas embaixo, na parte da frente do ônibus.

O check out na Guesthouse seria as 12:00h, mas ela nos permitiu fazermos mais tarde, às 13:30h.

Assim, dia 16 de maio fizemos o check out, almoçamos e andamos um pouco pela cidade, nos despedindo do Vietnã, até dar a hora de irmos.

Às 16:45h nos buscaram à pé na Guesthouse e, com as mochilas, caminhamos por uns 10 minutos, até chegarmos em um lugar qualquer para esperar mais pessoas. Depois que chegou todo mundo, caminhamos por mais uns 5 minutos até chegarmos ao ônibus. Na realidade, era um micro-ônibus, com assentos colados, que saiu às 17:15h e foi pegando mais e mais pessoas ao longo do caminho.

Não coube todo mundo e alguns foram sentados no chão ou em pé. Não estávamos acreditando que nos engaram mais uma vez com relação ao ônibus que iríamos viajar por mais de 20 horas, igual sardinha enlatada. Nenhum dos funcionários nos informava se seria assim mesmo e ficamos na dúvida.

Mas, felizmente, tal micro-ônibus somente nos pegou para nos levar à estação de ônibus de Hanói, que era bem longe. Ufa!

Chegamos à estação às 18:50h e nos separaram em dois grupos (os que iam pra Vientiane e os que iam pra Luang Prabang, ambas cidades do Laos).

Lá, entregaram nossas passagens com os assentos marcados (logo vimos que não era na frente nada, mas, não adiantava reclamar) e fomos caminhando até o ônibus.

Não temos foto do ônibus, mas era parecido com esse em que fomos de Hué para Hanói, ambas cidades do Vietnã.

Deixamos as mochilas no porta malas e entramos na fila para embarcar. Da fila começamos a ouvir uma moça gritando que não ia descer do ônibus e nem pagar outra passagem. Ela gritava muito e ficamos por entender. Por causa disso, ninguém mais embarcava e tivemos que esperar…

Conseguimos embarcar as 19:40h e o ônibus saiu às 19:45h.

Nossos lugares eram na parte de trás do ônibus, nos assentos/cama de cima, ao lado do banheiro. Pelo menos os nossos eram em cima que tem só 03 assentos/camas, um na janela e outro no meio, assim, ficamos menos apertados e passando menos calor, já que os lugares atrás, na parte debaixo, dá a sensação de estar dentro de uma barraca. Não eram os melhores lugares, mas já havíamos sacado que eles colocam os turistas todos atrás. Era disso que a moça estava reclamando, aos berros. Ela e o namorado não queriam ir atrás, pois, realmente, é bem pior que os outros lugares, sentaram onde acharam melhor e os funcionários tentaram fazê-los irem pros assentos marcados pra eles. Não conseguiram. Bom pra eles!

Por dentro dos ônibus/cama do Vietnã.

Por dentro dos ônibus/cama do Vietnã.

Por dentro dos ônibus/cama do Vietnã.

Parte de trás dos ônibus/cama do Vietnã, embaixo, com 04 assentos camas. A impressão é de estar dentro de uma barraca.

Nos ajeitamos e, assim, começou nossa jornada.

Às 23:10, fizemos uma parada de 30 minutos para jantarmos. Comemos arroz com carne de porco frita, pratos baratos e gostosos!

Depois, voltamos para o ônibus e eu dormi até o momento em que chegamos à fronteira com o Laos, às 05:00h, do dia 17 de maio. Porém a imigração só abria as 07:00h.

Ficamos esperando dentro do ônibus, com ar condicionado desligado, até as 06:00h, quando nos liberaram para esperar a imigração abrir.

Passamos pela imigração do Vietnã e, depois pela imigração do Laos, tivemos alguns atrasos, saindo de lá às 09:30h. (quer saber como foi a imigração no Laos? Leia aqui!)

Após isso, voltamos pro ônibus e eu consegui dormir de novo. Um tempo depois, às 10:50h, vi que o ônibus parou, mas nem dei bola e voltei a dormir.

Acordei às 11:30h, com o ônibus ainda parado, suando “bicas” porque desligaram o ar condicionado. Só ligaram de novo às 11:45h.

Desligaram novamente às 11:55h e só ligaram outra vez às 12:12h.

Às 12:25h uma das passageiras (a que gritou muito) me disse que estávamos parados por causa de um acidente na pista, há 2 km dali. Nesse mesmo momento, desligaram, de novo, o ar condicionado.

Era o sol do meio dia e já estávamos parados há quase duas horas… Imagina o calor que não ficava quando desligavam o ar condicionado?! Bolívia mandou lembranças!

Poxa, já que era pra ficarmos parados, sem ninguém descer, poderiam deixar o ar condicionado ligado sempre ou, no mínimo, mais ligado do que desligado.

Ligaram o ar novamente às 12:50h, para desligarem às 13:08h, ligarem às 13:19 e desligarem às 13:30h. Sim, eu marquei no relógio todas essas horas!

Quando eu já estava morrendo de raiva disso tudo, às 13:35h, mandaram todo mundo descer pra almoçar. Ali, no meio do nada, já tinha pessoas vendendo almoço e bebidas, só que bem caro! 25.000 kips (algo em torno de 10,50 reais) por uma marmitinha, com arroz, um pedaço de frango ao molho, um pedaço de linguiça (não tenho certeza, mas parecia) uns pedaços de omelete e uns 2 pedaços de batata cozida. Como estávamos com pouco dinheiro do Laos, eu e o Breno dividimos uma e deu pra enganar a fome!

O bom foi que de fora estava bem mais fresco!

Ninguém dava notícias concretas e não sabíamos quando sairíamos dali. Teve até um senhor que nos disse que poderíamos dormir por ali mesmo, se não chegasse alguém para tirar o caminhão que estava tombado na pista (nessa hora ficamos sabendo do que se tratava o acidente).

Assim, sem previsão de saída, nos juntamos com os demais turistas gringos, conversamos, reclamamos, jogamos UNO e um jogo de dados chamado Yahtzee, enquanto o resto do pessoal ficou em volta, olhando. Fomos a atração da tarde pra muita gente!

Enquanto isso, alguns ingleses caminharam até o local do acidente e voltaram contando que as máquinas já estavam na estrada, tirando o caminhão e a carga que caiu.

Às 17:00h nos falaram para voltarmos pro ônibus. Saímos pra continuar a viagem às 17:35h embaixo de uma chuva bem forte! Ainda bem que não pegamos tal chuva enquanto esperávamos do lado de fora! Hehehehehe!

O ar condicionado ficou ligado (Uhuul!) e voltei a dormir.

Às 18:35h o ônibus fez uma parada para a janta, mas, nem descemos de tão cansados!

Após a janta, saímos às 19:10h e, sem outros problemas ou atrasos, chegamos em Vientiane às 23:00h, depois de mais de 30 horas viajando, sem contar o tempo de espera entre o check out no hotel e o embarque no micro-ônibus. Isso tudo sem tomar banho, com o motorista desligando o ar condicionado várias vezes durante o caminho e sem comer direito.

Foi fácil não, viu?!

Mas, pelo menos as paisagens das estradas entre Hanói e Vientiane eram lindas de se ver!


Nota 01: Na época (maio de 2015), com 01 real comprávamos 6.444 dongs (moeda do Vietnã).

Nota 02: Na época (maio de 2015), com 01 real comprávamos 2.366 kips (moeda do Laos).

Nota 03: Não temos fotos do ônibus e da viagem porque dia 20 de maio de 2015 nossa câmara foi roubada em Vientiane e perdemos praticamente todas as fotos dos 07 dias anteriores, restando somente as do Instagram. 😦


Fotos: Arquivo pessoal.

Anúncios

Autor: Wanessa

advogada, 30 anos, apaixonada por viajar, com, no momento, 22 países guardados na memória e no coração.

5 pensamentos sobre “De Hanói, Vietnã para Vientiane, Laos: quando uma viagem de ônibus de 20 horas dura 30 horas

  1. Bom dia, qual empresa vocês utilizaram? Vi que existe a 27-7 e a The Sihn Tourist

    Curtir

  2. Estamos partindo para a mesma trip nas próximas horas. Valeu pelas dicas!
    Abraços.
    Rafael

    Curtir

  3. Pingback: Coisas que quase ninguém te conta quando viaja | Backpacking Two

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s